Apresentadora Xuxa Meneghel relembrou episódios em que Bolsonaro desrespeitou mulheres

Xuxa criticou postura de Bolsonaro com mulheres - Instagram: @xuxameneghel/ @jairmessiasbolsonaro

A apresentadora Xuxa Meneghelusou as redes sociais, no último domingo (20), para criticar atitudes machistas do presidente Jair Messias Bolsonaro.

Em seu perfil oficial no Instagram, Xuxa compartilhou um vídeo de ficção em que um homem aparece humilhando uma mulher em um restaurante, reproduzindo expressões já ditas pelo chefe de estado.

Na sequência do mesmo conteúdo, a loira mostrou o próprio presidente dizendo as mesmas palavras para mulheres e situações reais. No intervalo entre a cena ficcional e a real, uma narradora diz: "Se isso é inaceitável, isso também é".

"Inaceitável… Inadmissível! Nada nem ninguém pode dizer que está fora de um contexto. Machista, preconceituoso, ignorante. qualquer ser humano que faz isso é qualificado assim, mas aqui no Brasil ele é mito", escreveu a eterna rainha dos baixinhos na legenda da publicação.

O post de Xuxa dividiu opiniões nas redes sociais, sendo que a maioria concordou com a apresentadora. "Gente, que horror", disse Anitta. "Ele não respeita nada nem ninguém", disparou outro seguidor. "Esse homem não precisou esconder sua essência, ele não fingiu e ainda assim foi eleito. Muitos se sentem representados por ele e isso diz muito sobre a nossa sociedade", completou mais uma.

JÁ CRITICOU ANTES

Não é a primeira vez que Xuxa Meneghel tem usado suas redes sociais para fazer duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seu governo. Tanto que em outubro do ano passado, o chefe do Executivo decidiu rebater um dos comentários da loira por meio do seu Twitter oficial.

A atriz já se manifestou contra o governo de extrema direita várias vezes, mas as suas postagens e desabafos ficaram mais constantes após a polêmica envolvendo o veto do presidente ao projeto de lei que viabilizaria a distribuição de absorventes gratuitos e o pronunciamento de que não irá se vacinar contra a covid-19.

Na época, a famosa fez um pedido nas suas redes sociais: "Se você apoia Bolsonaro, deixe de me seguir". Uma página no Twitter chamada 'Vida Destra' compartilhou a notícia e, por meio das respostas, o presidente decidiu rebater.

Deixe seu Comentário